(Sem título)

26 set

A solidão é uma flor amarela que nasce no coração dos mais trouxas ainda. Trouxas que não regaram a tal flor roxa.

3 Respostas para “(Sem título)”

  1. Julia setembro 26, 2007 às 3:07 pm #

    nao sei escrevê, mas amo você
    mesmo nao sabendo rimá, nao deixo de amá

    [única pessoa do universo que não riu da minha rima idiota

    amo. ]

  2. Cacá setembro 26, 2007 às 3:45 pm #

    Beibe, acho que carrego um Girassol no peito…
    Não sei se bem por não ter regado a tal florzinha roxa.
    Penso sobre todo mundo ser só. Não é muito sobre não estar acompanhada, mas de não ser acompanhada no fim das contas. acho que até convivo direitinho com minha fulô… E que também cabem outras, de outras tantas cores!

    sabe alceu valença? “a solidão é fera, a solidão devora. é amiga das horas, prima-irmã do tempo. e faz nossos relógios caminharem lentos, causando o um descompasso no meu coração…”

    =**

  3. Babi setembro 26, 2007 às 11:30 pm #

    Ah…até resolvi tratar a minha florzinha amarela bem.Não dá pra sonhar com a flor roxa, definitivamente não dá!

    Te amooo!

    =****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s