Calma e elegância

15 dez

Bom dia, senhor
quem escreve esta carta
sou eu, o amor
vim para dizer
que apesar de não querer
terei que partir.

Parto
com a conhecida dor
do papel rasgado
assim, sem pudor.

Parto
com a calma e elegância
de quem foi enganado
desde a sua infância.

Uma resposta para “Calma e elegância”

  1. Ana Luíza dezembro 16, 2009 às 6:56 pm #

    “o amor escreve carta porque mora a léguas de distância”
    Zeca B.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s