Miragem

12 abr

Olhei para o fundo de mim.
Lá havia um lago
e eu estava com sede,
uma sede sem fim.

Me enganei.
Quando cheguei
não havia mais
do que
o vazio.

[de que eu tanto fugia..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s