Arquivo | novembro, 2010

A gente sabe…

28 nov

– Como a gente sabe quando é amor?
– A gente não sabe…
– E como você quer que eu te prometa não deixar meu amor escapar, se não tenho como saber quem é ele?
– Você apenas vai saber, vai sentir…

Fiquei pensando então,
quanta bobeira,
que grande ilusão!
Buscar um só alguém
que preencha sozinho
o vazio do meu coração.

Não acredito mais nisso não…
Anúncios

Química

28 nov

Dilua porções inteiras de nós dois
num copo com ela
Deixe repousar.
Aí fim,
logo terá
tudo separadinho,
você e ela lá
e eu, cá.

Perspectiva

26 nov

Não, não,
isso não é choro, não!
Eu estou só
regando o amor
que você plantou
no meu coração…

Saudade

8 nov

A sua barba fazia cócegas no coração dela.

Infinito

8 nov

O dois gritava, o cinco esperneava:

– Mas como pode! O cochilo do oito é infinito!