Lembrei

30 dez

Lembrei daquela noite
em que você cantava Chico
enquanto eu chorava dores
do outro lado do telefone

Lembrei com um certo pesar
pois mesmo sendo Tatuagem
não senti na sua voz
nenhum trêmulo de amar

Lembrei ainda assim
de como você me fez crer
que era possível
até mesmo você gostar de mim

Lembrei daquela minha vida
que era minha e sua
e da sua, que de tantos outros era
menos minha

Lembrei qual era a razão,
o motivo da minha partida
e porque ainda não se fechou
a cicatriz dessa droga de ferida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s