Arquivo | abril, 2011

Pra Ti II

25 abr

Era o melhor dos lugares em que já estive, seu coração.

Anúncios

Estilo

21 abr

A dor é manuscrita,
é caneta no papel.
[pingado de lágrimas

A alegria é comic sans,
tamanho 25.
[incomoda.

Infinita

21 abr

Ao Charlie, (As vantagens de ser invisível)

Aprendi a me sentir infinita.

A reconhecer a imensidão
olhando pra dentro.

A me focar
quando desconcentro.

A me abraçar
quando dói o coração.

A me dar bronca,
me dizer não.

Aprendi a me sentir infinita.

A deixar o pensamento ir,
sem ter pressa de voltar.

A ver meu coração partir,
mesmo com
[muito, muito, muito
medo de amar.

Aprendi que amar é bom,
mas que amo primeiro a mim.

Aprendi a espantar a preguiça,
acabei com o “não tou afim”.

Doeu para aprender a me sentir assim.

Mas aprendi.

E sou infinita, hoje eu sou infinita.

Nem que seja só na imaginação

21 abr

Na minha imaginação
toda mão
encontra seu par.

Nem que seja só
um dedinho que esbarra no outro
meio sem querer
ou
aquele arzinho quente da presença
de alguém.

Mas as mãos
hão de se encontrar.

It was just a dream

15 abr

Tanto falamos em nos embriagar de amor
que hoje acordei soluçando saudade…

Eu soube

14 abr

Eu soube
naquele primeiro momento
que gostei demais de você
quando percebi que meus olhos
ficavam mais tempo
repousados nos seus
[que na tv.

Sofre, sofre, sofre

14 abr

Amar sem sofrer devia bastar.
Por que diabos a nossa alma
quer tanto chorar?