Segunda pessoa

15 jul

Me machucas, amor
e sabe que o fazes.
Por que és cruel
com criatura tão frágil,
tão… tua?

Sabes
que não revidarei jamais, amor
sabes também
que não consigo deixar-te..

Sigo machucada, manca,
chorando fraca
ao lado teu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s