Engasgada

24 maio

Acordei hoje com uma vontade engasgada de chorar. O choro não me desce e também não sai. Algo como Galeano e sua mulher atravessada na garganta. Algo que coça o âmago para acontecer, mas que não acontece.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s