Arquivo | Grrrr RSS feed for this section

Beijoco

17 fev

Vivo agora
de beijo oco
Mas mesmo vazios,
os beijos não são
TÃO OCOS
quanto
seu coração.

Imagem mental

16 fev

Um poço de raiva, aberto.

Chove ódio.

[Transborda angústia. (Dele.)

Grito

20 jul

Me acode.
Esse desejo
que arranha as paredes
do meu quarto,
também me consome.

Me arranca a roupa,
faz meu corpo suar
no mesmo tom
do sino daquela igreja.

Me toma pra você,
de qualquer jeito,
de qualquer forma…

Já aprendi
a me refazer de tudo…
Me acode.

¹

14 jul

Notinha de pé de página: sai do meu pé. Do pé da minha vida.

Aos críticos

23 out

Pra se ter uma opinião, não é preciso palavras bonitas.

Pecado

27 maio

Como pode
o pecado todo
caber naquele pequeno espaço
de corpo?

Se eu tivesse 5 aninhos de idade…

9 abr

Felicidade é respirar tão leve
e quase sair do chão

Felicidade é voltar a ser criança
e fazer bolas de sabão

Felicidade é rimar você
dentro do meu coração.

Troca de papéis

27 fev

Fui escrever que te amo
mas o papel me rasgou ao meio,
xingando
“ah, em minha branquidão,
não, não
tua solidão
aqui não entra”

Impermeável

21 fev

Impermeável que me tornei. Não há mar que faça onda ou chuva que umedeça minha alma agora já tão seca.

Manifesto

14 fev

Eis aqui meu manifesto
meu protesto é contra
o desafeto,
fato
ainda que indiscreto

enquanto
seu gesto ingrato
vem a mim em disparato,
e só com um ato,
[falho
eu te faço apenas
resto
desse amor
indigesto.