Arquivo | Musicados RSS feed for this section

Am / D

22 out

Hoje o sol raiou
saudando a falta
que você me faz

Hoje o sol saiu
rasgando a falta
que o dia nem viu
passar…

Anúncios

Sorry, love

26 ago

Sorry about the love songs I sang all those years
They weren’t about you, sweet, they weren’t about me
Sorry about the love letters you’ve read and cried for
It wasn’t me who wrote it, I stole it from our neighbor Bob.
Sorry about the hugs I gave you, bout the kisses I did not
Sorry about our entire history, I made it all up.

(Algo perto de country music, que eu tanto amo. Singela homenagem a este meu amor verdadeiro e a tantos outros amores por aí que não são tão verdadeiros assim.)

Ou chá?

1 maio

Descalça o mundo no capacho da porta.
Vem ver o sofá novo da sala…
Ele é do tamanho da nossa alegria,
comprei na cor do nosso  futuro.
Quer um café?

ABC

7 abr

Estou A
[toa
Quero B
[eijar
Cadê oC
[ê?

6 mar

A eternidade tá tomando o meu peito
de jeito.

Dessa vez, que seja sem o tal
do efeito
CO LA TE RAL.

Que bonitinha é ela

13 jul
Essa menina é do samba
mas não dessas que ficam na pista
ela toca pandeiro, usa laço vermelho,
ela é mesmo sambista
Até Vinícius, aquele mesmo,
já falou dela
Como é bonitinha, a Katia
que bonitinha é ela

Foi criada no cavaco,
no tamborim e no agogô
Quando lhe chamava pro almoço
ela gritava, ô mãe, já vou
Nunca foi muito de comer
nem chegou a engordar
mas era só tocar Elis, iáiá
que ela se punha a batucar

Era garfo no prato,
panela sem cabo
de bongô barato
vê se come, menina,
olha o desacato
mas num adianta
empurrar a janta 
pela goela,
ninguém manda nela,
vai ficar magricela

Quando era pequena,
roubava a cena
chegava com um batuque
e parava a novena
Mas num adianta xingar,
matava de raiva Dona Helena

Ela deu trabalho,
chorou, brigou
até pegar no primeiro tambor
E depois do tucuticutum
nunca mais sossegou

Essa menina é do samba
mas não dessas que ficam na pista
ela toca pandeiro, usa laço vermelho,
ela é mesmo sambista
Até Vinícius, aquele mesmo,
já falou dela
Como é bonitinha, a Katia
que bonitinha é ela

Mas hoje Katia cresceu,
se sente perdida
e muito sofreu
nem o tucuticutum
deixou mais leve a vida
Mas se reclamar
que pouco viveu,
que muito perdeu
e que o mal não mereceu,
é só se lembrar, menina,
você ainda tem eu

Essa menina é do samba
mas não dessas que ficam na pista
ela toca pandeiro, usa laço vermelho,
ela é mesmo sambista
Até Vinícius, aquele mesmo,
já falou dela
Como é bonitinha, a Katia
que bonitinha é ela

Essa menina é do samba
mas não dessas que ficam na pista
ela toca pandeiro, usa laço vermelho,
ela é mesmo sambista
Até Vinícius, aquele mesmo,
já falou dela
Como é bonitinha, a Katia
que bonitinha é ela

Sala de estar (samba)

8 abr

Eu quero uma sala de estar, amor
na nossa relação
não precisa conforto e manjar, amor
só precisa de solução

Não quero uma sala pra guardar, amor
qualquer desilusão
Eu quero só um sofá, amor
pra resolver nossa situação

Eu quero uma sala de estar, amor
mas eu queria era uma sala de ser
estar é efêmero demais, amor
e coisas assim não combinam com você
[nem comigo

Eu quero uma sala de estar, amor
na nossa relação
não precisa conforto e manjar, amor
só precisa de solução

Eu quero um sala quentinha, amor
pra poder te abraçar
Eu quero o seu corpo no meu, amor
pra gente poder se amar

E se puder, um abajour, amor
pra um pouquinho iluminar
Seu corpo suado, moreno, amor
E também o seu pensar

Eu quero uma sala de estar, amor
na nossa relação
não precisa conforto e manjar, amor
só precisa de solução