Arquivo | abril, 2015

Você queria

23 abr

Te escrevi
um poema cheio de rima
mas você queria mais
o que você queria, menina
era bamboleio, era carnaval

Te escrevi
uma dezena de amores
mas você queria mais
você queria flores,
um romance e mil postais

Te escrevi
todo meu coração
mas você só queria mais
queria meu corpo, minha mente
minha oração

Te escrevi
todos os versos
mas você queria demais
queria roupantes,
queria excessos viscerais

Te escrevi então
tudo que sou e o que não
é tudo que eu tenho, menina
toda minha escrita é uma canção
cantada pra você
do coração.

Anúncios

Ela não sabe

19 abr

Ela não sabe que eu dirijo tão devagarinho só pra ficar mais tempo segurando a mão dela junto de mim. Ela não sabe o quanto é difícil pra mim fingir que não somos nada quando pra mim ela é tudo, porque eu sei que meus olhos entregam o que sinto quando vejo o sorriso dela. Ela não sabe o quanto um simples toque dela me acalenta… ou o contrário. Ela não sabe o quanto aqueles olhinhos dela me conquistam a cada segundo. Ela não sabe que quando fico calada e sorrindo sem motivo aparente é porque, na verdade, eu estou me declarando mentalmente com as palavras mais bonitas que conheço. Ela não sabe o quanto eu amo o silêncio, nem o quanto eu amo muito mais quando ela o quebra com sua voz doce e intensa. Ela não sabe o quanto me faz feliz ouvi-la cantar músicas que nunca ouvi falar, mas que já comecei a decorar. Ela não sabe o quanto eu sou feliz ali, no meu silêncio se estou com ela. Ela não sabe o quanto sou feliz ao lado dela. Ela não sabe tanta coisa que eu gostaria que ela soubesse, mas não sei como falar. Ela sequer imagina o tamanho desse sentimento tão bom que tenho por ela. Ela não sabe… ela não sabia.